Inferno

“Lugar de Sofrimento”

Lucas 16:22-23
22 – E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
23 – E no hades, ergueu os olhos, estando em tormento, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

            Segundo a Bíblia, o inferno (hades) é lugar ou situação pessoal em que se encontram os que morreram em estado de pecado, expressão simbólica de reprovação divina e privação definitiva da comunhão com Deus.
            Na passagem que lemos em Lucas capitulo 16, conta a história de um homem rico e um pobre. Sendo que o pobre morreu e foi para Deus, não pelo o seu estado material de poucas posses, mais por andar em integridade diante do Senhor. Quanto o rico, morreu e foi para o inferno, não foi pela sua riqueza, e sim por ter o coração preso a ela. A Bíblia cita que a onde estiver à riqueza do homem, ali estará o seu coração; se for às coisas de Deus, com certeza o seu coração será divino. Porém se estiver ligado ao mundo, notoriamente terá uma conotação material.

            Infelizmente ainda existem pessoas que pensam que a morte espiritual (Que é a separação do Senhor), é uma lenda, vivendo sem nenhuma restrição e fazendo tudo que o pecado oferece. Mas o escritor aos Hebreus foi enfático quando citou:

Hebreus 9:27
E, como ao homem está ordenado morrer uma só vez vindo depois disso o juízo.

Juízo é: Ato de julgar; julgamento.

            Mostrando-nos que após a morte do homem não como reverter à situação pecaminosa para que partisse sem Jesus Cristo. Derrubando uma antiga e enganosa tese que cita o purgatório e a reencarnação, sendo que não encontramos sequer um versículo que testifique esse assunto.
              É suficiente para um pouco e analisar que Jesus morreu e ressuscitou para nos salvar, dando ênfase total ao Senhor, e não a sacrifício humano. Ora se existisse purgatório ou reencarnação, não seria necessário Jesus ter sido sacrificado em nosso favor.

  No livro de Provérbio 15:24, está escrito: Para o entendido, o caminho do céu fica para cima, para se desviar do inferno que fica para baixo.

            Podemos entender que só há dois caminhos; um é para o céu através de Jesus, e o outro para o inferno, como conseqüência dos nossos pecados. Acrescento que o homem vai para o céu se quiser. Porém pode ir para o abismo, mesmo sem querer.
              Mas enquanto temos vida, existe esperança, basta querer entrar na presença de Deus e andar em novidade de vida, de forma que tenhamos frutos de arrependimento nesse mundo para que uma vida espiritual possa fluir a cada manhã.

            Em certa feita o Senhor deu seria advertência para todos, no Evangelho Segundo Mateus.

Mateus 7:13-14

13 – Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que conduz a perdição, e muitos são os que entram por ela;
14 – Porque estreita é a porta, e apertado é o caminho que leva a vida, e poucos há que a encontrem.

            Quando Jesus fez menção de uma porta estreita, e um caminho apertado, Ele se referia no quando é difícil deixar as facilidades do mundo e seguir negando a nós Mesmo para fazer a vontade de Deus. Sabendo que a nossa caminhada no tempo presente é cheia de dificuldades, mas Jesus está presente em todos os momentos para nos dar livramentos e a certeza de chegamos diante da gloria celestial.

  Dessa forma entendemos que o inferno fica no final de uma vida sem Deus.

Jesus te ama.

 

 

Presbítero Robson Colaço de Lucena

Webmaster Alisson Alves de Lucena

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: